UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro Ladebio

LADEBIO

Laboratórios de Desenvolvimento de
Bioprocessos da Escola de Química da UFRJ

SInProBio, LaProEnz, LabEngBio, LabSIm e Central Analítica
Desde 14/12/2009
Estatísticas 171368 visitas.
W3C XHTML 1.0

Produção Científica: Dissertações de Mestrado

As Trajetórias Tecnológicas das Empresas de Petróleo em Biotecnologia

Autora: Letícia Benevides Liberatori
Ano da Defesa: 2003
Orientadores: José Vitor Bomtempo Martins, DSc e Nei Pereira Jr., PhD
Programa: TPQB - Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da EQ/UFRJ
Download: PDF (PDF: 54 KB)

Resumo

Esta tese analisa o comportamento das empresas de petróleo em busca do processo de inovação tecnológica, a partir da adoção da biotecnologia. Para tanto, foram realizados estudos de casos com as empresas ExxonMobil, Phillips e Shell e observou-se que as três adotaram trajetórias tecnológicas bem distintas.

A ExxonMobil manteve uma postura de observadora do terreno, apresentando poucos investimentos em biotecnologia, no entanto, com aplicações voltadas exclusivamente para a indústria do petróleo.

A Phillips e a Shell adotaram uma estratégia mais agressiva pela busca de novos mercados a partir da biotecnologia. A Phillips enfatizou suas atividades biotecnológicas, principalmente em aplicações não relacionadas ao petróleo. A Shell, por sua vez, adotou uma postura intermediária quanto às áreas investidas, apresentando desenvolvimento biotecnológico tanto em atividades relacionadas ao petróleo, como em atividades diversificadas.

LADEBIO - Laboratório de Desenvolvimento de Bioprocessos da Escola de Química da UFRJ